Método McKenzie – Módulo II

A busca pela especialização e aprimoramento de suas técnicas continua!

Em março aconteceu o segundo módulo do curso promovido pelo Instituto McKenzie Brasil.
Neste, é concentrado a aplicação da técnica de diagnóstico e tratamento em terapia mecânica as lesões da coluna cervical e torácica.

O Método McKenzie se baseia na preservação das curvas fisiológicas da coluna.

Na foto, Dra. Elaine Daltoé junto ao ministrante deste módulo do curso, Vicente Hennemann.

whatsapp-image-2017-04-19-at-16-42-53-1

 Entenda o que é o Método McKenzie:

Desenvolvido em 1981, pelo fisioterapeuta Robin McKenzie, o Método McKenzie de Diagnóstico e Terapia Mecânica é um sistema de classificação e tratamento das dores lombares. Sob orientação de um terapeuta, esta técnica pode ser autoaplicada, ou seja, o paciente pode fazer o seu autotratamento de acordo com a necessidade diagnosticada e orientação prestada pelo profissional.

Segundo o Instituto Internacional McKenzie, a abordagem deste método é dividida em quatro etapas: avaliação, classificação, tratamento e prevenção.

A primeira etapa, chamada de avaliação, é realizada diretamente com o fisioterapeuta. É neste primeiro contato que o profissional faz o diagnóstico e a classificação do problema para melhor realizar o tratamento. Na fase de classificação, o terapeuta identifica o local do incômodo e classifica o grau de intervenção a ser tomada.

tratamento inicia com aplicações técnicas de terapia manual junto ao terapeuta até que o paciente possa se autotratar. Por sua vez, este tem como objetivo envolver ativamente o indivíduo ao tratamento. E, é na prevenção que o paciente aprende a se autotratar, tendo conhecimento sobre o que fazer para manter o controle do tratamento de maneira segura e eficaz. Criando o hábito de corrigir a própria postura.

O Método McKenzie pode ser aplicado a todos os problemas musculoesqueléticos da coluna e demais articulações. Ou seja, seus conceitos e ensinamentos clínicos tornam-se princípios bem estabelecidos no cuidado de pacientes com problemas musculoesqueléticos.

Deixe uma Resposta.